Blog das Essências
Blog das Essências
Blog das Essências

“Família é como ‘varíola’, se tem na infância, fica marcado pelo resto da vida.”

         o sei quando J.P. Sartre escreveu ou disse isso. Mas com certeza família é um caso sério há se pensar sempre. Enquanto somos crianças e adolescentes, ainda parece pior este caso, e quase impossível levar adiante, de ultrapassar a fase.
São tantas as raivas de um para o outro, 
e o tempo que se arrasta parecendo não querer andar nem mesmo um pouquinho mais depressa para nos levar direto até as portas da liberdade, ou seja, a porta da rua!
Mas quando alçamos voo afinal, uma das primeiras coisas que providenciamos é formação de nossa própria família. O que se passa conosco, afinal?!

Com o tempo e principalmente com a distância dos ‘horrores daquela época as idéias vão entrando no eixo. E é bom lembrar que não foi para todo mundo que a família representou uma bomba que explodia a toda semana. Mesmo enquanto estavam crescendo nelas.                   

 O que muda é nossa visão de mundo, e a possibilidade de não estar mais submetido àquelas normas “terríveis” de então. Crescemos e ganhamos o mundo. E como recompensa cada qual poderá formar um novo núcleo familiar com outras ou com as próprias regras se for o caso.

 Nada como a maturidade, para clarear um pouco o papel de cada pessoa nas relações. Tornar-se pai ou mãe então…nem se fala!

Finalmente esta troca de papeis pode ajudar a refazer as mazelas criadas pela educação familiar. Estar do outro lado, vivenciando o outro lugar de autoridade e de responsabilidade muda tudo.
            E o melhor é que podemos fazer diferente se quisermos!
Ou simplesmente repetir e fazer
… “Como nossos pais”… Uma música que quando prestamos atenção a ela faz diferença! Para que não sejamos os mesmos e vivamos como nossos pais. Isso mesmo, aqueles que não nos compreendiam e nós não conseguíamos entender nada a respeito deles tão pouco!

Elis Regina cantou muito esta música e eu cantei muito junto com ela, talvez com um medo enorme de crescer e repetir a dose. Não foi o que aconteceu e não é o que vai acontecer com outras pessoas quando adultos, enquanto adolescente o que queremos é contestar as regras, sem muita ideia do que temos em mãos para colocar no lugar.

Assim as marcas que as famílias nos deixam podem ser revistas, entendidas e até amenizadas com a compreensão que adquirimos refletindo sobre os papeis de cada um dentro do circulo familiar.
O que acontece depois é que se compreendermos – não os nossos pais- mas o papel de cada um, inclusive dos filhos, poderemos compreender uma gama ainda maior de confusões e desafetos que o núcleo familiar gera. Sem, contudo dar origem a maiores desavenças e dores que marcam a ferro e fogo a alma dos que vem a seguir.

Uma formulação das Essências D´Água que irá ajudar a trabalhar estes aspectos familiares e papeis sociais, é:- MATURIDADE – só para citar: um de seus componentes auxilia no despertar da compreensão e sabedoria interna, outro se propõe a facilitar a troca de calor entre as pessoas, e ainda há um que favorece o entendimento e a alegria no exercício do papel de ser um educador; entre outras.
Contudo vale lembrar que essências vibracionais, 
não substituem o trabalho. Com certeza lá irá auxiliar a rever estas marcas profundas, e os estragos, e assim, possibilitar viver com as cicatrizes sem tantos prejuízos.

Compartilhe:

Publicado em afeto, aprendizado, artigos em geral, autoconhecimento, Brilho Pessoal, coisas da vida, Convívio, crescimento pessoal, Essências D'Água, essências vibracionais, Essências Vibracionais D'Água, familia, Maturidade, medicina alternativa, pessoas, Problemas de relacionamento, Problemas Psicológicos, Psicologia, psicologia e terapia vibracional, psicoterapia, vida em comunidade, vida em família .
Cássia Marina Moreira

Sobre

Cássia Marina Moreira - psicóloga formada na Universidade São Marcos.Em 1997, iniciou o curso de especialização em Terapia Floral, na Faculdade de Ciências da Saúde de São Paulo. A monografia:- A Implementação da Criatividade no Cotidiano, com o auxílio das Essências Florais. Em 2000, na USP - concluiu a monografia: Essência Vibracional das Baleias em Abrolhos - experiência de utilização - Iniciando assim o Sistema das Essências Vibracionais D'Água. Em 1998, nos E.U.A, estudou os Florais da Califórnia com Richard Katz e Patrícia Kaminski. No Brasil, estudou:- Essências Marinhas e do Pacifico, com Sabina Pettitt; com Ian White - Essências florais da Austrália; com Steve Johnson:- Essências florais, ambientais e elixires de pedras e cristais do Alasca e com Breno Marques estudou os florais e fitoflorais de Minas. Em 2006 - lançou o 1º livro:- "Águas que transformam - conheça as essências vibracionais da natureza"- Ed.Ágora - Cursou Homeopatia para não Medicos que muito contribuiu para a coleta de várias outras Essências D'Água, 2010 Lançou o 2* Livro "Essências Vibracionais D'Água" e agora em 2019, a autora lança o 3* livro com mais histórias e as indicações de uso de outras essências d'água no livro "Mar de Noronha e outras Águas", ed. Scortecci, comemorando os 20 anos deste sistema de Essências Vibracionais. Durante a Pandemia lançamos a Série Vira-Mundos de livros infantis com ‘os personagens’ das Essências D’Água - à venda em sites como Amazon / Submarino /Americanas . E Boa leitura à todos!
Pesquise outros posts no Blog:

Comentários encerrados.