Blog das Essências
Blog das Essências
Blog das Essências

2020 O Ano que a Terra Parou

Ou é melhor dizer – O Ano em que a Pandemia nos parou?

Porém, nós das Essências D’Água continuamos a todo vapor. A novidade que trazemos para todos, é que já esta pronto o 1º Livro Infantil da Série Vira-Mundos.

Esta série será a versão infantil das histórias sobre cada uma das Essências D’Água, um sistema de Essências Vibracionais, que se propõem equilibrar as áreas do sistema mental, emocional, espiritual ou mesmo físico.

Esta 1ª história faz referência às Baleias Jubartes que vem visitar as águas calmas e mornas na costa baiana, bem no nordeste brasileiro. Viaja para longe apenas para ter seu filhote e cuidar dele, e como no Brasil é proibido a caça destas ilustres viajantes elas têm vindo em maior número a cada ano.

Trabalhamos muito para neste ano 2020 desse tudo certo para este lançamento, pois Lulu Moreira, minha mãe faria 100 anos de vida, uma data a ser comemorada e sem dúvida uma mãe a ser lembrada sempre.

Com as Ilustrações de Paloma Dalbon a grupo Editorial Scortecci ficou responsável pela impressão e também pelo e-book deste livro, o 1º livro da Série Vira-Mundos, e de alguns outros mais que já estão por lá.

Um ano que se tornou especialmente produtivo para colocar as ideias em ordem e transformar algumas em realidade. A Série Vira-Mundos, terá neste ano ainda mais três livros infantis com ilustrações de Marcelo A.Ventura um amigo querido de longa data, que é o webdesign do site das Essências D’Água desde sempre, e ilustra dois destes livros. “Dona Arraia” e A Joaninha e o Beija-Flor.

Para o Livro “Enzo e o baiacu assustado”, quem o ilustra é um amigo novo o professor de artes Gabriel Nascimento que se uniu a equipe para dar vida e graça a mais esta história infantil de uma das Essências Vibracionais D’Água.

Então, em meio desta “parada” causada pela pandemia aprendi, finalmente, que existe aqui bem dentro de mim uma mobilidade que esta longe de qualquer pandemia parar, e não acredito que esta mobilidade seja uma prerrogativa só minha.

Contudo, dá trabalho descobrir por onde ela anda. Cada qual precisa encontrar a sua própria mobilidade, mesmo que seja a mobilidade mental / intelectual, por enquanto; até podermos ser vacinados contra a COVID – 19 e assim vencermos a pandemia e esta paralisação física.

Foi pensando nisto que deixamos na última página de cada livro uma figura para que o pequeno leitor possa expressar sua arte ilustrando, colorindo, pintando, ou seja, interagindo com o tema.

Agora os post’s para os meios de comunicação esta nas mãos de Marcela Sonim que colocará todos os dados e meios para obter os livros da série Vira-Mundos.

Introdução ao Mosaico das Essências.

Estaremos postando a série com as dez formulações das Essências D’Água com as fotos de seus componentes, para que todos possam visualizar melhor as escolhas feitas. Desta forma, poderão pesquisar no site das Essências D’Água, a fórmula que estarão considerando tomar.

Quer ampliar? Click Here.*

 

AGIR

 

Para despertar e fazer acontecer.

Essencial para nos trazer de volta de forma clara e precisa o propósito do que viemos fazer na vida com estímulo e força de vontade mesmo quando o caminho parece difícil e a energia se encontra em baixa.

2* EDIÇÃO – demora mas … A ficha cai

TUDO tem dois lados, às vezes me parece que é isso que a vida quer nos mostrar, abrindo uma janela no tempo e no espaço, para que possamos vislumbrar como as coisas realmente são e como as coisas mudam e muito, como nada é tão somente de um jeito só.

Pois bem, aconteceu comigo, há algum tempo atrás; tive um sonho certa vez e quis muito que outra pessoa sonhasse o meu sonho comigo. (Escrevi sobre isso aqui no STUM, com o titulo:- Demora, mas a ficha cai).

Agora, este texto se trata da exata mudança de posição.

Quando a situação se inverte!

E é justamente a outra pessoa que tem um sonho, e só porque o tem, acha justo que você o sonhe juntinho com ela. Caso isso não ocorra a coisa neste momento muda mesmo, aquilo tudo que você queria muito ter respeitado como sendo justo e imprescindível no caso dela, agora não é mais, já que o é para mim.

Veja você! Agora preciso muito, preciso mesmo sonhar o sonho que não é meu.

Caso contrário eu vou acabar sendo aquela Bruxa Má! É aquela mesma que vai “ferrar” a outra pessoa! Isso acontece sempre, muito mais do que se pode imaginar e cá para nós, a verdade é que nem precisa ser um grande sonho, basta você deixar de fazer alguma coisa, que a outra pessoa quer que você faça para ela. Porque para ela é importante e pronto, e é aí que a confusão esta feita.

Como esta se dizendo muito nos dias de hoje:- “O pau que bate em Chico não bate em Francisco”.

O que até então deveria ser “lei” passou a não valer mais.

Bom “a fila andou” só isso! Porém a visão do outro é que são elas! Ninguém é capaz de saber o que o outro sentirá com o que você diz.

Você sabe exatamente o que esta dizendo, todavia, nunca poderá ter certeza do que o outro ouvirá. E ainda mais o que fará com isso. No texto original 1ª Edição – conto como fiquei sofrendo e por um tempo enorme tentando fazer com que outra pessoa passasse a ver com meus olhos aquilo que só interessava a mim mesma. Foi maravilhoso pelo menos para mim, ouvir esta frase:- “você não pode querer que o outro sonhe o seu sonho!”

Nossa… caiu ou calcou como uma luva, esta simples frase, mas isso foi para mim. Agora como escrevi, estou vendo o inverso acontecer, sem mais nem menos, de repende virei uma bruxa má, aquela que quer detonar, a demoníaca, por deixar de rezar pelo mesmo terço, por não querer mais ler na mesma cartilha. Por deixar de sonhar aquele sonho que na verdade é só de uma outra pessoa…

Que coisa… não é? Quem sonha o sonha que é seu? De quem é o sonho que você agora passou a sonhar, senão só seu?

A braveza que vem do outro, por você não querer fazer parte dos seus sonhos, brota com força, dá pulos e engrossa com os palavrões, e assim por diante, quase fazendo biquinho também…O que fazer? Não sei, sinceramente não sei se temos muito que fazer quando se trata de ir contra ao que o outro quer sempre é um caso delicado.

Mexemos com sonhos que não são os nossos causa conflito, sofremos mesmo até conseguirmos entender que as nossas coisas são independentes das coisas do outro. Isto inclui os sonhos também. Como já escrevi, fiquei sofrendo um tempão até conseguir digerir a realidade que separava o meu sonho do não sonho da outra pessoa. E então viver bem com isso, e viver de bem comigo apesar disso.

Não, não é fácil. Demora digerir, mas dá para ser feito, sem ter que se jogar no chão e bater os pezinhos ou “xingar” a outra pessoa, ou mesmo pensar que ela quer “ferrar a sua vida”.

Maturidade foi a formulação que escolhi para o problema apresentado no primeiro texto e certamente é para esta situação também, pois sem amadurecimento não teremos chance alguma de deixarmos o outro ser quem ele realmente é; sem que isso caia como uma bomba em nosso colo cada vez que a atitude dele não vier de encontro as expectativas que esperamos dele.

Crescer leva tempo é artesanal, e é neste crescimento que formulação maturidade nos ajuda!

Maternagem = Mamãe + Bebê primeiros anos!…

5781Mamãe + bebê – Para o Dia Internacional da Mulher, uma noticia nova das Essências D´Água, veja só que será bacana aguardar por esta novidade.

Mulheres em geral vez por outra, dão uma balançada mesmo com toda coragem e força que possam ter. As que estão carregando mais uma vida então nem se fala.

A estrutura que era bem talhada simplesmente derrete por conta dos hormônios que entram em ebulição; pelos longos meses da gravidez. Não se pode ignorar a efervescência das emoções que ora as tornam todas “super poderosas”, ora acabam com todas elas em um único nocaute.

O certo mesmo é que estar fazendo parte desta gangorra do forte/fraco – sobe/desce – deixa qualquer mulher com os nervos a flor da pele. Mal se pode aguentar.

Além disso, como se não bastasse, o lado físico, entra aqui o lado fantasioso de toda cabecinha humana, imagine ser atormentada com mais algumas coisinhas do tipo, medos, do que pode acontecer, com o bebê, o que vai ser dele? Como serei com ele? O que será dele?

Ou mesmo antes disso como será o parto? Nossa Senhora do Bom Parto, existe mesmo, e se existe Ela realmente ajudará nesta hora? Ai meu Deus quanta aflição! Não tem mulher forte que não fique com as pernas bambas nestas horas com estas perguntinhas que não se calam nem por um instante. Mesmo depois de nascido o rebento a fortaleza ainda esta se encontra em ruínas, tão pequeno o bebê, tão sensível, e outra penca de questões se acumulam e atormentam a vida e a alma, dia e noite desta mamãe. A cada choro, a cada hora.

Pois bem, as ESSÊNCIAS D´ÁGUA trará em breve uma nova formulação para esta fase da vida da mulher. E seu bebê. Para cuidar ao mesmo tempo com o mesmo carinho de mães e filhos, passando por toda gestação, atendendo durante o período do parto na ida ao hospital inclusive, e claro no primeiro período com o bebê.

Mamãe+Bebê – gestação+parto+primeiros momentos trará este aconchego e bem-estar para que a gestação seja mais tranquila. Com mais suavidade e conforto para o corpo e o espírito tanto da gestante como para seu bebê.

A ideia é fazer isso mesmo antes de nascer, afinal a gestação é um momento que ambos precisam de uma convivência harmônica com trocas de energéticas, sem solavancos; acariciar este bebê de todas as maneiras assim como se permitir ser acarinhada por ele.

Enquanto não chega na loja virtual – o que você pode fazer é pedir pelo telefone, faremos especialmente para você.

 

Vovô e Vovó

imagesSA4QBKLM Amor dos avôs!

Um amor, sem dúvida… mas no mínimo diferente.

Que amor é este afinal, tão diferente e tão igual?

Talvez porque estejam amando desmedidamente pela segunda vez!

Tão intenso como mãe quando da primeira vez

e tão imenso e descomprometido como avó na segunda vez!

Hum…será mesmo???

Tão longe e tão perto, de repente?

Vamos lá…

Uma lenda, esta é de fabricação familiar – daquele tipo que crescemos ouvindo, e que não se não pode ter certeza total, pois lenda pessoal é formada por um punhadinho de lembranças, de um apanhado de verdades e pitadas de imaginação nossa e do “entorno”. Afinal cada um que conta a história para a criança conta com suas próprias impressões dos fatos e lendas pessoais também, daí o “imbróglio”.

O certo é que eu sonhava com uma avó, procurava por uma avó, e que com este desespero para ter uma avozinha chamava as amigas das minhas tias mais velhas de avó. Mesmo que nem fossem ainda senhorinhas, com idade para serem avós!

Parece que perguntava se era a minha avó. Então em um conselho de família para resolverem estes vexames simplesmente apelidaram a irmã mais velha de minha mãe de Avó. E assim meus grilos com a falta inconcebível de avó passou. Finalmente tinha uma para chamar de minha!

Tal a importância desta figura na vida de todos, que resolvi escrever sobre elas nesta data que se comemora o dia não das avós, mas dos avôs também. Para quem não sabe ou não lembra a aniversariante do dia 26 /julho é Santa Ana avó de Jesus. E São Joaquim o avô. e neste domingo comemoramos os dois juntos. Diz a folhinha!

De lá para cá já vi muitas avós, e avôs! Aqueles seres que realizam sonhos, já que a responsabilidade de criar, educar etc… é dos pais!

Por isso, os avôs se divertem mais e são leves no trato com crianças embora tenham seus limites, as avós por sua vez, tem outra postura, claro enxugam a baba “bem rapidinho”, para que possam ajudar com o bebê.

Porém algumas dessas avós começam ficando apavoradas com a possibilidade de não terem o mesmo coração amoroso e pronto para tudo que der e vier para os netos do mesmo modo que tiveram para os filhos.

O medo do novo, aquele que sempre nos assusta seja lá em que assunto for, e aqui porque deveria ser tão diferente? Afinal o bebê nunca viu a avó, e a pergunta é a mesma: – será que irá gostar de mim como avó? Será mesmo que existe isso de amor à primeira vista entre bebês e avós? Não deixa de ser um novo encontro. Será que vai gostar desta figura? Será que vai rir ou chorar ao vê-la?

Agora cá para nós existem avós que parecem ter nascido para tal, o papel lhes cai muito bem, como “papinha e fome”. São muito animadas e capazes de brincar e bagunçar como só mais uma das crianças. E não exatamente como uma “senhora de idade”, uma avó. É muito divertido ver isso e ouvir estas histórias entre netos, netas e avós.

Parece que sempre tem algo de inesperado, nelas tanto para as crianças como para as avós; que com mais experiência e visão de futuro, estas adoráveis criaturas podem ensinar com mais facilidade submetendo-se às brincadeiras do que quem precisa educar “vigorosamente”, onde existe “certa tensão no ar”.

O cuidado que todos os avôs precisam ter é do “Bubble Filter”, ou seja, ficarem obsecados pelo assunto, e a vida passar a rodar só dentro desta bolha que é o mundo dos netos. Se acabarem por esquecer todos os outros assuntos pertinentes a vida adulta acabam por se tornarem sem vida própria e quando ficam sozinhos se sentem vazios e cada vez mais necessitam de novas “coisinhas, “fotos e fatos”, gracinhas e gracejos, babinhas e tudo mais e mais, insistente e incessantemente de novidades dos bebes, o que nem sempre é possível por parte dos demais.

Isso pode se tornar muito doloroso, sofrido, angustiante, causando dor ao invés de trazer a alegria esperada só acrescenta aquela pitada de aflição diária, quando se espera notícias que não chegam.

A grande sacada afinal é apenas lembrar-se da necessidade de continuar tendo a vida que é sua, acrescida de uma  nova vida!

Ternura – É a formulação das Essências D’Água que vai manter seu coração batendo no ritmo e seu pensamento equilibrado, com paz interior mesmo sem tantas notícias, mas mantendo os corações em tamanho gigante para ambos!

ENVELHECÊNCIA – “O Ônus de viver muito!”

Stand up padleAlguém já disse que o ônus de não morrer cedo é ter que envelhecer, e isso significa fazer muitos ajustes enquanto o tempo passa.

E põe ajustes nisso! Seguir a vida dá nisto, fazer adaptações de tempos em tempos. Nem sempre de nosso agrado, nem sempre por nossa vontade livre e espontânea, mas por necessidade.

Num dia é um óculos para perto, porque o braço ficou curto, para esticar o livro e poder ler com clareza. No outro talvez a pressão que dispara para além das nuvens, e, dá-lhe remédio!  No hemograma uma surpresa, coisas e mais coisas alteradas… colesterol – trigliceres – ureia – e vá saber mais o que.

O coração abalado pelas artérias poluídas, leva um choque, e o pacote acaba por vir completo com o passar do tempo, melhor dizer dos anos. E sendo assim a caça às bruxas começa!

Tudo que foi deixado de lado agora tem prioridade máxima! Desde aquela dorzinha na lombar que sempre esteve ali presente, agora começa a ficar mais forte, o joelho dobra, mas… para desdobrar já é outra história!

Tudo que se fazia super fácil e bem de repente, fica mais custoso, para alguns até penoso. Os médicos começam a lhe dizer – faz parte! Caramba, e dá-lhe refazer o dia-a-dia! O que se fazia por lazer se torna uma necessidade diária. Caminhar por exemplo, nada de correr, caso contrário os joelhos e as grandes articulações estouram de vez.

Daí para frente tudo muda conforme o tempo passa, mais e mais emoções entram na lista. Então a consciência de uma nova vida e a necessidade de adaptação vem com força total. Fazemos por merecer e vamos à luta.

A vida não é para principiantes e envelhecer de bem com ela então nem se fala. Tem que se preparar, porque não é fácil! O principal e talvez o mais difícil é entender que agora é diferente, e aceitar isso é o começo.

Assim pode-se iniciar os cuidados com a saúde global na idade que está sem mais nem menos, consciente do que se pode ou não fazer para realmente estar de bem com tudo que a vida ainda tem para oferecer por um tempo indeterminado.

O que não se pode é de se dar por vencido. Algumas coisas deixam de existir para que outras se tornem a bola da vez. Um documentário entrou no circuito breve e estará nos cinemas e em outubro na TV Cine Brasil – sobre seis pessoas que depois dos 63 anos – 70 anos – e assim por diante que resolveram aprender a surfar, fazer tatuagens, namorar ou ainda dá aulas de judô, e outras coisas bem legais. Um drama documentário sobre a vida de que não se deixou abater pela idade, pelas dores que ela possa causar, e tocam a vida para frente. Nome dele é “ENVELHECÊNCIA” 

Mesmo que com mais dificuldade que com vinte anos a menos a vida pode dar prazer para que não pode desfrutar de determinadas coisas naquela época, como contam estas pessoas do “docu-drama” que estará por aí em breve.

Se isto fará parte de sua vida breve ou já faz, deixe de lado as reclamações, tome as medicações necessárias, faça o que for preciso para que possa desfrutar o que a vida tem para lhe oferecer a partir de agora.

Com o que tem agora, corpo e idade de hoje, mas a alma tenha certeza é a mesma! É a sua, então desfrute… a vida continua mesmo depois dos 50…  Faça seus ajustes, esqueça o tricô e quem sabe consegue curtir um stand up padre nas águas calmas do mar, posso garantir que este é moleza!…

Para ajudar nesta fase Essências D`Água tem a formula certa – MATURIDADE – http://www.essenciasdagua.com/formulacoes/maturidade.php

Ou ainda ligue e marque uma consulta – 11 3032 2456

PILATUS ou PILATES

google

google

Interessante a história destes homens com nomes iguais.

           Pôncio Pilatos ficou conhecidíssimo por ter lavado as mãos, e entregue Jesus para crucificação como a multidão clamava.

Joseph Pilates por sua vez acabou conhecido a pouco tempo por sua história de vida total. Tinha ascendência grega e seu nome era Pilatu, a Wikipédia conta que pode ter sofrido bullyng, por isso tenha trocado o nome.

Quando pequeno era mais que franzino, era doente, raquítico, asmático, e sofria de febre reumática.

Temendo uma adolescência preso à uma cadeira de rodas não teve dúvidas se pôs a estudar e como autodidata dominou anatomia e fisiologia humana, além dos fundamentos de medicina oriental.

      Depois disso começou a desenvolver exercícios em aparelhos bem rústicos pois eram inventados por ele mesmo.

Praticando esses exercícios nestes aparelhos criou seu próprio método e tornando-se obcecado só pensava em superar suas limitações físicas. Com essa prática, ainda jovem tornou-se ginasta e mergulhador.

Desenvolveu cerca de quinhentos exercícios que muito o ajudaram, assim como seus seguidores a levar uma vida longa e saudável.

Uma das coisas mais importantes a serem lembradas sobre este método de exercícios desenvolvido por Pilates não é algo que possa ser utilizado por todos, assim sem mais nem menos. Não, não existe uma padronização, não é reutilizável, o esquema de um cliente para outro. É absolutamente individualizada a lista de atividades é montada para cada um dos clientes, conforme a necessidade física de cada um, Pilates também teve influência direta das artes marciais, yoga e meditação. E foram poucos aqueles que puderam assistir a todo este mecanismo de trabalho.

Só em 1923 que Joseph Pilates mudou-se para Nova Iorque e abriu seu primeiro Studio de Pilates, mas só teve repercussão anos e anos depois, nos anos 40; quando bailarinos famosos possivelmente os ‘bons da Broadway’ o encontraram. Morreu com 83, ao inalar fumaça demais tentando salvar o Studio do incêndio que o destruiu.

Foi Clara Pilates, sua esposa quem assumiu a direção do estúdio, e deu continuidade a todo trabalho de seu marido. Pilates deixou inúmeros discípulos que abriram seus próprios estúdios em várias partes dos EUA e ajudaram a disseminar seus ensinamentos pelo mundo.

A ideia de contar esta história é para ilustrar mais uma vez, e para que todos possamos entender que sempre teremos dois caminhos à nossa frente, bem … ás vezes até mais, e sempre podemos escolher fazer algo de bom com as fraquezas que possuímos, se assim escolhermos.

Ficar sentados na beira do caminho ou sair e mudar nossa sorte, resolver dar a volta por cima, não deixar que as coisas simplesmente sejam uma sequência de fatos da vida, pelo menos não na sua vida, e então a pergunta :- vamos fazer parte do problema ou da solução?

AGIR é uma formulação das Essências D’Água que bem pode espantar esta letargia que por vezes nos assombra, devora por um problema qualquer, até mesmo um desanimo de domingo.

            Então não espere dê um click – http://www.loja-essenciasdagua.com tudo rápido e fácil para você!

 

COMPULSÃO – um inimigo e tanto!

DSC03330Pode-se até dizer que é o inimigo número um!

A lista é bem longuinha, vejamos: batatas fritas, chocolate, sorvete, pizza – claro e tantas outras coisas mais. Mas, tudo isso é tão gostoso, só porque está absolutamente processado, tem de tudo que faz tudo ficar mais gostoso, açúcar e gordura, por exemplo. O que irá nos tornar incapazes de ter força de vontade para lutar contra este vilão gigante que se está comendo.

É absolutamente irresistível, pois entorpece o cérebro de tão bom que é. Este é o princípio do vício. “A droga que bate mais, mais rápido vai viciar”. Pois o cérebro se delicia com o que estamos lhe oferecendo, por isso, não existe moderação para este tipo de tratamento, só a supressão total da droga.

Foi interessante ouvir este médico psiquiatra falar sobre este assunto, pois a todo momento falamos de compulsão, que também inclui o tratamento, dependência e controle alimentar; através do estímulo o fortalecimento da vontade.

Este fato pode ser feito de várias formas, uma das que usamos muito é o afastamento destas gostosuras que não nos deixam ficar na primeira mordida no primeiro chocolate da caixinha etc..

A ideia é que não se tenha por perto, a caixa toda de biscoito. O saco de balas, o pacote de batata frita, pois com certeza estaremos fritos, e fritaremos a nossa força de vontade junto com a batatinha. Ou seja quanto mais longe melhor!

O exercício de conscientização pode ajustar um pouco na estreiteza dos limites e “para alargar um pouco este horizonte”, precisamos usar o autoconhecimento, para depois mexer na quantidade de gostosuras a serem colocadas na frente de pessoas compulsivas.

Conhecer nossos limites é importante, saber que temos um problema nos fará procurar soluções. Querer ir atrás delas é difícil mesmo, mas pode dar certo, se a força de vontade estiver a postos. Por isso, manter as guloseimas fora do campo de visão é importante, deixá-las nas prateleiras dos supermercados é sem sombra de dúvida o primeiro passo.

E em casa, bom… um cartaz com grandes letras pintadas na porta da geladeira com a frase – Mantenha Distância – também pode ajudar!

Quem sempre pode ajudar a dar aquela força nesta hora é a FORMULAÇÃO AGIR  do sistema vibracional das Essências D’Água – Afinal é um composto que foi pensado para estimular e ativar a nossa força de vontade para nos religar ao propósito de vida, e quando estamos com pouca energia para tal.

ONDE ENCONTRAR – em nossa loja virtual – 

www.loja-essenciasdagua.com 

 http://www.essenciasdagua.com/formulacoes/agir.php 

Comunicação e seus sons.

A bebê que apenas balbucia – bla / bla / bla / bla muito mais para si mesma que para os outros. Muito mais como experimentação dos próprios sons dos quais nem sabe e é capaz, do que qualquer outra coisa.

E é bla / bla / bla para e logo a seguir um interminável pa / pa / pa / pa / para lá. Sons, leves gritinhos, mais altos, agudos e graves.

As mãos acompanham, chacoalham e o que nelas está bate, dança, e não raras as vezes voa. Então o olhar acompanha descobrindo outra coisa a qual a maravilha também, o espaço. A distância que a encanta a primeira vista, para logo a decepcionar, pela falta que o brinquedo faz sem se dar conta ainda do que seja o conceito longe e perto.

Então novos gritinhos e bla / bla / bla e ta / ta / ta e pa / pa / pa e a carinha de quem não entendeu nada, da mágica que existe entre o seu movimento e o sumiço do ursinho, ou do paninho no espaço e os sons que existem, e tudo isso solto pelo ar.

Tudo isso é um mundo novo, é mágico! E o melhor a bebê é a dona de toda a maravilha que aconteceu! 

Assim a comunicação vai acontecendo, vai se estabelecendo, vínculos com o mundo vão se formando, com tudo que aparece, com tudo que pega, experimenta, tudo do universo é novidade é descoberta, em todos níveis sensoriais, fisiológicos, psicológico, emocional, e tudo mais.

A delícia, das descobertas são tantas e em todas as áreas, tudo é novinho em folha, a vida é novinha em folha. Todos os bebês passam por estas descobertas e experimentações, pelas quais vão desvendando o mundo ao seu redor.

Isso tudo em um primeiro tempo, claro; para depois ir avançando naquilo que der e vier pela frente, e então mais tarde pela vida afora. Quem sabe continuar a se deslumbrar com o mundo e suas maravilhas.

A comunicação irá nos acompanhar pela vida toda de uma forma ou de outra, e podem ter certeza que não é nada fácil se fazer entender. Imagine então se entender.

Balbuciamos durante mais tempo do que imaginamos sobre nós, para nós mesmos por incrível que pareça. Coisas que ouvimos sobre nós, e como papagaios repetimos, ou como as crianças pequenas repetimos sem saber ao certo do que se trata.

Pensar no que se está pensando! Pensar no que se vai dizer, é o caminho do crescimento, da comunicação interna, para ter um bom entendimento com os demais é preciso uma boa comunicação própria primeiro.

Clara e o som

Clara e o som

Conceitos que engolimos sem refletir darão problema, a todos. Uma pessoa que não esta bem consigo mesma certamente não ficará bem com os demais.

Falar não é tudo na comunicação, comunicar-se é expressar uma gama enorme de sensações sobre o que sentimos, onde queremos chegar, como vivemos e muito mais. Como seres sociais que somos, é preciso entender bem tudo isso lá dentro para que na hora de dizer ao outro a “coisa” possa pelo menos ser absorvida pelo outro ou pelo mundo.

No livro Águas que Transformam tem um capítulo especial em que descrevo o grande bem que é entender este processo. Como resolver isso é fundamental, afinal se falar sobre si mesmo seja para si mesmo é complicado – imagine para os outros. Escrevo sobre uma essência em especial a Essência Vibracional das Cataratas do Iguaçu – que trabalha a consciência da fala e do falar, (para dentro e para fora).

No Sistema das ESSÊNCIAS D’ÁGUA existe a Formulação COMUNICAÇÃO para dar uma ajuda nesta situação difícil que é aprender a conversar consigo mesmo ou com o outro.
Tudo na Loja Virtual – 
http://www.loja-essenciasdagua.com

Essência das Cataratas do Iguaçu –
http://www.essenciasdagua.com/essencias/cataratas.php

Formulação Comunicação 
http://www.essenciasdagua.com/formulacoes/comunicacao.php

ou o livro Águas que Transformam 

http://www.essenciasdagua.com/livro.php