Blog das Essências
Blog das Essências
Blog das Essências

Mamãe e seus 100 anos!

Para e por Lulu Moreira, minha mãe que faria 100  anos este ano, uma mãe do signo de escorpião, professora de desenho, e cheia de criatividade e dons artísticos, logo tínhamos muito em comum. A água sem dúvida foi um dos pontos que mais nos aproximou mesmo nos poucos anos que tivemos juntas, sempre foi a água e tanto fazia se água das piscinas ou a água do mar. Um pouco desta paixão ela passou para mim logo no começo colocou Marina como meu segundo nome.

É para comemorar seus 100 anos que deixei para este ano o lançamento deste primeiro livro  da série VIRA-MUNDOS para dar assim início a um projeto em que trabalho há anos, o de publicar livros infantis ou mesmo infantojuvenil, contando sobre as muitas vidas que existem no mundo das águas e fora delas.

Este, primeiro livro da série Vira-Mundos – Baleias em Abrolhos, é a versão infantil da história que deu início ao Sistema das Essências Vibracionais D’Água uma linha de medicamentos vibracionais que trazem equilíbrio e bem-estar, seja para o físico, mental, emocional ou mesmo
espiritual.

Novidades para Você!

Temos novidades, é a série Vira-Mundos!

Nós das Essências D’Água estamos em pleno lançamento de uma série de livros infantis e infanto-juvenis contando um pouco de cada um dos elementos que pesquisamos para criar uma nova Essência Vibracional. 

Que é uma linha de medicamentos vibracionais / alternativos, que trazem equilíbrio e bem-estar, restabelecendo a harmonia, seja para o corpo físico ou para clarear a mente e os pensamentos, assim como pode estabilizar o lado emocional e espiritual.  

Estamos com o 1º título já editado, pelo Grupo Editorial Scortecci, que conta a história das Baleias em Abrolhos, que deu origem ao Sistema das Essências Vibracionais D’Água, nos idos de 1999.  

Porém temos alguns outros livros que estão no “prelo”, a saber:- 

  • Dona Arraia  
  • Enzo e o baiacu assustado.
  • A Joaninha viu o Beija-flor

E assim que o ano de 2021 chegar traremos novas histórias contando sobre a vida dos seres do mar e da terra. Seja da água salgada ou da água doce, assim como histórias contando sobre algumas cavernas de cristais ou sobre algumas plantas. 

Teremos histórias de peixinhos minúsculos que habitam rios subterrâneos ou mesmo peixões enormes e dorminhocos como uma espécie de tubarão, o tubarão-lixa; e de outros que são muito nervosos e nadam muito rápido.

Cabe lembrar estas histórias também existem nos livros das Essências D’Água com o caminho que cada uma das essências fez até chegar a fazer parte do Sistema, com as indicações de uso de cada um destes medicamentos alternativos, são três livros e se encontram à venda. 

Fiquem atentos a estas novas possibilidades para ajudar as crianças a perceberem o mundo que herdarão e a olharem para nosso planeta com mais carinho e assim terem mais força para cuidar desta casa “planeta” que é de todos nós.

2020 O Ano que a Terra Parou

Ou é melhor dizer – O Ano em que a Pandemia nos parou?

Porém, nós das Essências D’Água continuamos a todo vapor. A novidade que trazemos para todos, é que já esta pronto o 1º Livro Infantil da Série Vira-Mundos.

Esta série será a versão infantil das histórias sobre cada uma das Essências D’Água, um sistema de Essências Vibracionais, que se propõem equilibrar as áreas do sistema mental, emocional, espiritual ou mesmo físico.

Esta 1ª história faz referência às Baleias Jubartes que vem visitar as águas calmas e mornas na costa baiana, bem no nordeste brasileiro. Viaja para longe apenas para ter seu filhote e cuidar dele, e como no Brasil é proibido a caça destas ilustres viajantes elas têm vindo em maior número a cada ano.

Trabalhamos muito para neste ano 2020 desse tudo certo para este lançamento, pois Lulu Moreira, minha mãe faria 100 anos de vida, uma data a ser comemorada e sem dúvida uma mãe a ser lembrada sempre.

Com as Ilustrações de Paloma Dalbon a grupo Editorial Scortecci ficou responsável pela impressão e também pelo e-book deste livro, o 1º livro da Série Vira-Mundos, e de alguns outros mais que já estão por lá.

Um ano que se tornou especialmente produtivo para colocar as ideias em ordem e transformar algumas em realidade. A Série Vira-Mundos, terá neste ano ainda mais três livros infantis com ilustrações de Marcelo A.Ventura um amigo querido de longa data, que é o webdesign do site das Essências D’Água desde sempre, e ilustra dois destes livros. “Dona Arraia” e A Joaninha e o Beija-Flor.

Para o Livro “Enzo e o baiacu assustado”, quem o ilustra é um amigo novo o professor de artes Gabriel Nascimento que se uniu a equipe para dar vida e graça a mais esta história infantil de uma das Essências Vibracionais D’Água.

Então, em meio desta “parada” causada pela pandemia aprendi, finalmente, que existe aqui bem dentro de mim uma mobilidade que esta longe de qualquer pandemia parar, e não acredito que esta mobilidade seja uma prerrogativa só minha.

Contudo, dá trabalho descobrir por onde ela anda. Cada qual precisa encontrar a sua própria mobilidade, mesmo que seja a mobilidade mental / intelectual, por enquanto; até podermos ser vacinados contra a COVID – 19 e assim vencermos a pandemia e esta paralisação física.

Foi pensando nisto que deixamos na última página de cada livro uma figura para que o pequeno leitor possa expressar sua arte ilustrando, colorindo, pintando, ou seja, interagindo com o tema.

Agora os post’s para os meios de comunicação esta nas mãos de Marcela Sonim que colocará todos os dados e meios para obter os livros da série Vira-Mundos.

Coisas da Alegria, coisas da vida!

Temos certas coisas na vida que não mudam nunca. São coisas simples que existem desde que o mundo é mundo e pode ser em qualquer lugar dele.

Presto muita atenção quando viajo para qualquer, faz parte de tudo que sempre me chama atenção, e com tanto tempo de estrada dá ter uma ou umas palavrinhas sobre as crianças pelo mundo, vivendo suas vidinhas com toda a graça e muita luz que crianças têm ao brincarem juntas.

Quando vi estas crianças da foto brincando na água de um rio no interior do interior de um país bem longe de tudo; este da foto tirou a roupa e entrou ao encontro dos demais, Isso fez passar um filme na minha cabeça lembrando todos os lugares em que passei e vi esta mesma cena tantas e tantas vezes, simplesmente não teve outro jeito a não ser fotografar e agora poder escrever sobre isso.

São mágicas as cenas que podemos ver e ao ouvir entre gargalhadas e brincadeiras que se propõem a fazer quando estão juntos. Na água parece que estas cenas de alegria se intensificam e tornam ainda mais gostosas tanto para as crianças que se divertem como para quem quer que seja que assiste ao espetáculo que as crianças dão ao brincarem espontaneamente.

Sem se importarem com que assiste as cenas ou quem mais vai entrar no rio, na água turva e até fria do final do dia. O que mais querem é brincar, querem mesmo é ser feliz, se não percebem os problemas de escola ou sociais, diferenças culturais, e tudo mais que esta acontecendo fora do leito deste rio, naquele momento, pelo menos naquele exato momento não dava para perceber se outra coisa no mundo passava por lá.

Mas isso também acontece quando jogam bola ao ar livre ou pensam que estão voando sobre a bicicleta, no skate, patins e qualquer outra brincadeira que os deixem neste estado de graça que transborda alegria e felicidade.

Certas vezes, nós adultos também nos soltamos e nos sentimos assim, numa transbordante taça de champanhe chamada alegria, quando estamos realizando algo que estava só nos planos por anos. Ou ainda em situações mais simples como conseguir uma reunião com amigos de longa data ou caminhar em grupo por uma boa causa.

Mosaico das Essências D’Água – Comunicação.

Para ampliar, CLICK!

COMUNICAÇÃO

Expressão – Troca de informações nas relações com mundo!

Todos os dias enfrentamos situações desafiadoras, alguns dias, os desafios são mais claros, outros dias são as lutas simples do cotidiano, mas em todas as lutas, sejam elas quais forem, vamos sempre precisar usar ao máximo o nosso potencial criativo, para não cairmos na chatice da rotina. Quando precisamos nos comunicar para algo mais específico, como fazer testes, provas – ENEM – vestibular – entrevista de emprego, a reativação da memória e da criatividade para enfrentarmos uma destas situações, será bem vinda para apaziguar os medos.

 

Comunicação e seus sons.

A bebê que apenas balbucia – bla / bla / bla / bla muito mais para si mesma que para os outros. Muito mais como experimentação dos próprios sons dos quais nem sabe e é capaz, do que qualquer outra coisa.

E é bla / bla / bla para e logo a seguir um interminável pa / pa / pa / pa / para lá. Sons, leves gritinhos, mais altos, agudos e graves.

As mãos acompanham, chacoalham e o que nelas está bate, dança, e não raras as vezes voa. Então o olhar acompanha descobrindo outra coisa a qual a maravilha também, o espaço. A distância que a encanta a primeira vista, para logo a decepcionar, pela falta que o brinquedo faz sem se dar conta ainda do que seja o conceito longe e perto.

Então novos gritinhos e bla / bla / bla e ta / ta / ta e pa / pa / pa e a carinha de quem não entendeu nada, da mágica que existe entre o seu movimento e o sumiço do ursinho, ou do paninho no espaço e os sons que existem, e tudo isso solto pelo ar.

Tudo isso é um mundo novo, é mágico! E o melhor a bebê é a dona de toda a maravilha que aconteceu! 

Assim a comunicação vai acontecendo, vai se estabelecendo, vínculos com o mundo vão se formando, com tudo que aparece, com tudo que pega, experimenta, tudo do universo é novidade é descoberta, em todos níveis sensoriais, fisiológicos, psicológico, emocional, e tudo mais.

A delícia, das descobertas são tantas e em todas as áreas, tudo é novinho em folha, a vida é novinha em folha. Todos os bebês passam por estas descobertas e experimentações, pelas quais vão desvendando o mundo ao seu redor.

Isso tudo em um primeiro tempo, claro; para depois ir avançando naquilo que der e vier pela frente, e então mais tarde pela vida afora. Quem sabe continuar a se deslumbrar com o mundo e suas maravilhas.

A comunicação irá nos acompanhar pela vida toda de uma forma ou de outra, e podem ter certeza que não é nada fácil se fazer entender. Imagine então se entender.

Balbuciamos durante mais tempo do que imaginamos sobre nós, para nós mesmos por incrível que pareça. Coisas que ouvimos sobre nós, e como papagaios repetimos, ou como as crianças pequenas repetimos sem saber ao certo do que se trata.

Pensar no que se está pensando! Pensar no que se vai dizer, é o caminho do crescimento, da comunicação interna, para ter um bom entendimento com os demais é preciso uma boa comunicação própria primeiro.

Clara e o som

Clara e o som

Conceitos que engolimos sem refletir darão problema, a todos. Uma pessoa que não esta bem consigo mesma certamente não ficará bem com os demais.

Falar não é tudo na comunicação, comunicar-se é expressar uma gama enorme de sensações sobre o que sentimos, onde queremos chegar, como vivemos e muito mais. Como seres sociais que somos, é preciso entender bem tudo isso lá dentro para que na hora de dizer ao outro a “coisa” possa pelo menos ser absorvida pelo outro ou pelo mundo.

No livro Águas que Transformam tem um capítulo especial em que descrevo o grande bem que é entender este processo. Como resolver isso é fundamental, afinal se falar sobre si mesmo seja para si mesmo é complicado – imagine para os outros. Escrevo sobre uma essência em especial a Essência Vibracional das Cataratas do Iguaçu – que trabalha a consciência da fala e do falar, (para dentro e para fora).

No Sistema das ESSÊNCIAS D’ÁGUA existe a Formulação COMUNICAÇÃO para dar uma ajuda nesta situação difícil que é aprender a conversar consigo mesmo ou com o outro.
Tudo na Loja Virtual – 
http://www.loja-essenciasdagua.com

Essência das Cataratas do Iguaçu –
http://www.essenciasdagua.com/essencias/cataratas.php

Formulação Comunicação 
http://www.essenciasdagua.com/formulacoes/comunicacao.php

ou o livro Águas que Transformam 

http://www.essenciasdagua.com/livro.php