Blog das Essências
Blog das Essências
Blog das Essências

Amor Agarradinho!

Os cadeados de Paris, da “Pont Neuf” em Paris, conhecidos como os cadeados do amor.


“Trabalhador remo
ve os ‘cadeados do amor’ da Pont des Arts em Paris, na França. O ritual começou com turistas em 2008 e logo se espalhou para cidades como Nova York, Seul e Londres. Cerca de 1 milhão de cadeados pesando 45 toneladas serão removidos”. 

Bom, o certo é que já temos o nosso modelito aqui na Vila Madalena, claro. E por que não? Foi caminhando por lá que encontrei, não uma ponte com tantos cadeados assim, ainda; porém, podemos dizer ou prever que chegaremos lá…

Clique aqui e continue lendo STUM.

Afinal de contas, o que é o sucesso?

Aprendemos desde pequenos que devemos ter um propósito na vida, e em toda nossa trajetória estabelecemos diversos objetivos e criamos planos para alcançá-los.

O sucesso é certamente uma das grandes metas almejadas, porém, se apenas o entendermos como prestígio profissional ou com as cifras generosas em nossas contas bancárias, fatalmente estaremos esquecendo de partes importantes que dão o real sentido de nossa existência.

Sucesso é tudo aquilo que sucede como esperamos que aconteça. Claro, reconhecimento profissional e segurança financeira são itens fundamentais, mas não podemos deixar de lado as nossas relações afetivas, cultivar boas amizades, viver grandes paixões e realizar grandes sonhos.

No fim das contas, queremos ser felizes ao lado de quem a gente ama em um mundo cheio de paz e bondade.

Se em algum momento você sentir se sentir inseguro ou confuso sobre seus planos, experimente a Fórmula Sucesso.

Conquiste a força mental para obter encontrar o seu sucesso com 4 gotinhas 4 vezes ao dia: http://www.loja-essenciasdagua.com/produto/269146/sucesso-abundancia-frutificacao

Dicas essenciais para uma boa comunicação

Provavelmente, você já se perguntou: por que brigamos tanto?

As diferenças de opinião e personalidade entre casais, amigos, colegas de trabalho ou mesmo familiares são questões naturais e muito humanas.

Nos dias de hoje, a falta de entendimento se intensificou com as redes sociais, por meio de algoritmos que constroem bolhas de interesses e afinidades isoladas entre si. Cada um em seu grupo tem sua verdade, e muitas vezes ignoram ou rejeitam tudo que está fora de sua bolha.

A grande chave para destrancar tanto desentendimento e conflito está em uma boa comunicação. Que tal algumas dicas para estabelecer um diálogo saudável, construtivo e acolhedor?

1. Ouça mais 

Estar atento ao que o outro tem a dizer é fundamental, pois além de demonstrar respeito à opinião alheia, sempre podemos aprender com outras pessoas.

2. Abandone os achismos

Deixe seus preconceitos de lado ao ouvir o que outra pessoa tem a dizer e caso não entenda o que ela quis dizer, não tente adivinhar. Peça que ela explique novamente: além de você poder entender melhor que ela tem a dizer, você demonstrará mais uma vez que está interessado.

3. Respire Fundo

Muitas vezes nos enfurecemos quando ouvimos algo que discordamos. Não deixe que a emoção toma conta da razão quando for argumentar um outro ponto de vista.

4. Tente calçar os sapatos dos outros

A empatia é fundamental para que um diálogo feito por posições contraditórias não termine em uma briga. Lembre que seu interlocutor tem experiências e repertório diferentes do seu, o que pode fazer com que ele desenvolva raciocínios ou conclusões distintas.

5. 4 gotinhas para comunicar melhor

Adotar comportamentos mais tolerantes e compreensivos com o outro não é tarefa fácil no mundo em que vivemos. Por isso, as Essências Vibracionais D’Água desenvolveram uma fórmula exclusiva capaz de ajudar a lidar com situações de conflito que demandam sabedoria e habilidade na fala.

Gostou das dicas?

Pratique uma comunicação e conte com as gotinhas da Fórmula Vibracional Comunicação: http://www.essenciasdagua.com/formulacoes/comunicacao.php

Me ajuda, Santa Paciência!

Quem poderia imaginar? Eu é que não… Que fosse uma virtude, até aí tudo bem, existe alguma discussão sobre o assunto, mas vá lá, agora que existiu uma santinha responsável por ela, isso não sabia, e olha que estudei boa parte da vida em escola de freiras, onde aprendi como era ou ainda é de praxe em colégios que são católicos fervorosos com certeza muitos nomes e histórias da vida de santos e santas.

Neste colégio certamente nos pediam, talvez até nos treinavam para ter toda paciência possível para todas as coisas da vida, para assim poder vivê-la de uma melhor forma. Quando conseguíamos em nossa meninice e juventude aquietar a mente era muito bom ter a Santa (ou não) Paciência, por perto, para fazer o que era preciso fazer. Lições que aprendemos lá atrás e que permanecem pela vida afora.

O duro mesmo continua sendo aquietar a mente agitada em meio ao murmúrio de tantas coisas por fazer, o estresse acaba com ela, e quando se pretende ter a “mente zen” com muita paciência, em meio a tudo isso ela é a primeira a sumir.

Pois bem, jamais pensei que pudesse realmente existir uma Santa com este nome, mas o mundo vive para nos surpreender a cada momento, principalmente quando podemos dar uma chance a ele e olhamos em volta. Esta surpresa feliz tive quando caminhava pelas ruelas bem no meio daquele sobe e desce das escadarias da cidade do Porto.

Porém, o que me levou até ela foi o nome de uma igreja, Igreja dos Grilos, que me pareceu no mínimo curioso. Afinal, para os católicos nada melhor que uma boa oração em uma igreja de sua devoção, para resolver alguns “grilos”. Esta foi uma visita bem intensa. Saber da história foi bem interessante, o seminarista de plantão ajudou-me a entender de onde veio toda esta situação, que difere no nome da igreja.

Foi assim, padres foram enviados de Lisboa para “fundar” uma congregação bem ali, a casa mãe como se costuma dizer era situada lá na capital na rua dos Grilos. Os moradores da pequena cidade passaram a identificar os padres como da Igreja dos Grilos, e assim a Igreja dos Grilos foi ganhando corpo e com o tempo ninguém mais foi capaz de dar-lhe outro nome, nem se fala qual o nome do santo padroeiro, simplesmente tornou Igreja dos Grilos.

Depois de minha curiosidade satisfeitíssima, fui dar um “rolê” pela igreja finalmente para rezar, e então encontrei um genuflexório, aquele lugarzinho especial para que possamos ajoelhar e já que ajoelhamos, rezamos! Bem ao lado estava o que? Uma caixa de coleta de doação para a Nossa Senhora da Paciência! Prontamente e com muita devoção depositei na caixa umas moedas para que esta, que até então pensava ser apenas uma virtude, se torne doravante uma companheira inseparável.

Afinal, paciência nunca é demais! Em lugar nenhum e para nada! Mas espere, não foi só isso, o interessante é que colocaram juntinho da caixa onde se pode colocar doações para a Santa Paciência outra para doações à Nossa Senhora da Boa Morte. Muitos dizem que é uma boa dobradinha perfeita, uma “boa morte”, o que pode bem ser uma boa pedida, partir sem muitas delongas.

Bom, pelo sim ou pelo não, na hora sem muito pensar, tratei de colocar outras tantas moedas na outra caixa também, é sempre bom garantir, e como diz na bíblia, “pedi e recebereis”! Que esta Nossa Senhora nos possa favorecer na hora que precisarmos dela. Amém!

 

A Fórmula Ternura é especialmente indicada para os momentos que pedem paciência, pois traz vibrações que nos ajudam a entender que o mundo não está contra nós! 

 

O que é Karma e como superá-lo?

Muitos acabam pensando que Karma é por natureza uma coisa pesada ou ruim, que veio de outra vida e que trazemos para esta, sem chance de mudá-lo. Será que é isso mesmo?

Podemos enxergar o conceito de Karma de várias formas, segundo teorias e sabedorias de outros povos. Isso é fundamental para que nos orientemos em direção ao bem viver – pelo menos de forma diferente da anterior.

Karma é uma palavra que tem sua origem no sânscrito, Karman, tradução: ação.

E alguns dizem que podemos imaginar como sendo uma viagem, que estamos vivendo nesta vida, aqui e agora. Então, vamos pensar um pouco…

Em toda viagem carregamos na bagagem alguma coisa que não necessariamente deveria ter entrado na mala, mas entrou.

E aí está: muitas vezes essa coisa nem é tão boa e nem é tão ruim, mas seu peso incomoda. Talvez o que incomode mais é, na verdade, ter que deixa-la para trás.

Vira uma dureza trabalhar o desapego e soltar a tal “coisa” para não precisar carregar o quilo extra durante o restante da viagem.

Sem desapego firmamos um karma, nesta vida mesmo, pode-se dizer! Esta escolha de desapegar carinhosamente, chamo de um outro nome: livre arbítrio.

Quando entendemos e aprendemos como manobrar este conceito, as chances de uma vida mais equilibrada entrar no ritmo diário, sem atropelos e sem pesar, aumentam.

É sempre bom saber que existem habilidades e talentos que adquirimos nesta vida que podem nos ajudar imensamente a separar o joio do trigo. Experiência é isso: não reincidir naquilo que não funcionou. Aquilo que já sabemos que dá problemas, é melhor não fazer levar na mala novamente!

A Fórmula Sucesso propicia vibrações positivas para a abundância e frutificação dos nossos esforços!

Acredite, não estamos fadados ao insucesso e dor. É preciso abandonar esta ideia de que o sofrimento nos pertence, pois não é verdade. A angústia não é um item de primeira necessidade em nossa bagagem, portanto, pode muito bem ser deixada fora da mala de viagem.

Fórmula Autoestima

Auxilia no combate a visões negativas de si mesmo, propiciando um olhar atento sobre as qualidades do indivíduo.

Claro que é difícil estabelecer novos padrões de pensamento para viver de maneira diferente, porém não é impossível. Podemos nos comprometer a alterar uma frequência vibratória ruim e pesada. A força de vontade e o pensamento consciente são capazes disso. Tenha certeza, sempre somos capazes!

 

Fórmula Maturidade – estimula um novo olhar sobre si mesmo e sobre as situações, para que ajamos com sabedoria, reagindo de maneiras diferentes a situações que parecem se repetir na vida!

Parar de pensar que sofrer é só o que resta e transformar o karma em ação, como fazem os indianos, é uma ideia a ser seguida a cada momento.

 

Para tal, é preciso estar atento a estes pensamentos que nos invadem com imagens e formas que não estimulem qualidades e talentos. Isso é possível se você estiver vigilante, “pensando no que se está pensando”, para trocá-los por uma melhor forma de pensar e criar saídas.

Somos seres criativos por natureza, sim! Com a consciência desperta mudamos este velho padrão de sofrimento e cruz! Focar em nossas habilidades e nas inclinações positivas é a porta que leva a vislumbrar uma mudança dia a dia!

Gostou do artigo?

Que tal começar agora mesmo? Tire uma carta e descubra quais são as essências e formulações indicadas para você aqui!

 

Adolescentes e seus bicos… como lidar?

Conheça nossas essências!

O que parece é que foram feitos um para o outro, sem tirar e nem pôr. Em algum momento da adolescência, todos acabam por acreditar que a vida lhes deve alguma coisa, pois estão produzindo “agora” a de sua vida, que será de alguma forma um avanço para a humanidade!

Para eles, ninguém é capaz de ver isso, e tudo e todos estão em uma articulação maquiavélica, formando um grande complô para destruir seu poder criativo e ver seu futuro chamuscado, aquele teria tudo para ser simplesmente brilhante. Contudo, uma vez que todos teimam em puxar seu pequeno tapete, “jamais poderei sair disso”!

A veia dramática, sem dúvida, acompanha o biquinho! Faz parte, talvez…

Então é assim, para o adolescente, nada foi tão importante na vida, mas agora que está sentindo certa inspiração, certa luz que até parece ser “divina”, vem alguém e poda, corta! Justo neste momento que até aquela velha inibição que impedia de existir tão livremente com suas artes, sumiu! “Agora que sinto ser capaz de expressá-las e viver com intensidade dentro das minhas artes como realmente merecem, quando fluem, acabo boicotada”!

Em todo caso, não importa muito qual o caso, tudo se torna um caso para o adolescente que resolve se revoltar e ficar de biquinho! E só ficar repetindo, que o mundo não é justo e a vida é má! E que não se pode confiar em nada e em ninguém!

Não se tem muito como argumentar com eles, o melhor é sair da frente para não tropeçarmos no bico e tocarmos a nossa vida. Afinal, quando resolvem que devem continuar sendo mimados por todos mesmo que não sejam os seus “papais e mamães”, melhor deixar para lá.

Enfim, cada qual tem sua própria época para amadurecer, às vezes irão passar a vida querendo mimos e isto sem dúvida lhes custará caro, afinal, cada vez que o mundo lhes disser um não, agirão como bebês chorões e bicudos, olhando sempre para o que os outros não lhes dão, e não para o que precisam e já podem fazer por si mesmos!

Crescer é bom, mas dá trabalho e leva tempo! É um trabalho artesanal, é aí que aprendemos a pensar e a sentir com “realidade” as coisas, todas as coisas. A entender que o mundo não está aí só para nos servir; que a vida é uma estrada de mão dupla. Sempre teremos de arcar com o Ônus para chegarmos ao Bônus!

Infelizmente, nesta relação não existe lugar para bicos… É aqui que crescer se torna imprescindível.

Cássia Marina Moreira – Psicóloga com especialização em Terapias Florais. Autora dos livros “Águas que transformam – conheça as essências vibracionais da natureza” e “Essências Vibracionais D’Água”.

Fórmulas Relacionadas:

Fórmula Maturidade

Fórmula Serenidade

Fórmula Ternura

Essências e Maternidade: desde engravidar até o pós-parto​

Essências vibracionais são importantes coadjuvantes nos cuidados pré e pós-gestação! Tanto quem tem dificuldade para engravidar quanto quem acaba de ganhar seu neném podem se beneficiar delas.
Aposte nas essências vibracionais para reestabelecer seu equilíbrio emocional

Essências Vibracionais são importantes coadjuvantes nos tratamentos energéticos

O tratamento com essências vibracionais é indicado para reestabelecer o equilíbrio emocional e funciona exatamente como as essêcias florais tradicionais: por meio de gotinhas energizadas por elementos da natureza.
 
Gestação e Pós-Parto:
Esse é um momento de adaptação! Por mais que seja cheio de alegrias, exige muita energia da mulher, tanto física quanto mental. Para receber a nova vida que chega mudando tudo de lugar, é preciso calor, aconchego, vitalidade e conforto para corpo e espírito da mãe e do bebê.
Essa formulação traz as energias de elementos como Noni, Cachoeira da Água Branca, Baleias em Abrolhos, Turmalina Negra, Turmalina Verde, Citrino, Luz no Fim do Túnel, Tartaruga Verde, Aguaí, Cianita, Linguado, Nudibrânquios e Baiacu–espinhoso+ peixe palhaço+ostras e pérolas+manatee.
A indicação de uso são 4 gotinhas, 4 vezes por dia. Também pode ser aspergida no ambiente duas vezes por dia.
Para Tentantes e quem está planejando engravidar:
A essência mais indicada é a Ostras & Pérolas, que facilita a transformação, os processos de fertilização, inseminação artificial, além de combater a intolerância e estimular a criatividade, a criação.
Musgo é outra essência vibracional que pode integrar uma fórmula personalizada para quem está planejando engravidar em breve, pois facilita adaptação, transformações, auto-estima, confiança, determinação e vontade. Ela também combate medo de mudanças, sentimentos de: derrota / menos-valia / fracasso.
Você pode criar a sua própria fórmula de maneira intuitiva em nosso site – é só clicar aqui!
Conheça melhor as nossas formulações prontas, elas são uma mão na roda para quem está começando a utilizar essências florais e vibracionais. Clique aqui e saiba mais sobre elas.
Até o próximo artigo! Um abraço!

Os bicos e os Adolescentes!

O que parece é que foram feitos um para o outro, sem tirar nem por. Em algum momento da adolescência, todos acabam por acreditar que a vida lhes deve alguma coisa. Que o mundo está devendo algo para eles, ainda mais que estão produzindo “agora” a obra da vida de sua vida, que será de alguma forma um avanço para a humanidade!

Ninguém é capaz de ver isso, e tudo e todos estão numa articulação maquiavélica, formando um grande complô para destruir seu poder criativo e assim como seu futuro é chamuscado; e teria tudo para ser simplesmente brilhante. Contudo, uma vez que todos teimam em puxar seu pequeno tapete, “jamais poderei sair disso”!

A veia dramática, sem dúvida, acompanha o biquinho! Faz parte, talvez… porque muitos deles são gerados por mães que não perdem por nada deste mundo um capitulo sequer das novelas de Janete Clair ou Glória Perez e seus verdadeiros dramalhões, nos quais choravam e emocionavam muito com uma das namoradinhas do Brasil, que interpretam estes dramas.

Então é assim, para o adolescente, nada foi tão importante assim na vida; mas agora que está sentindo certa inspiração, certa luz que até parece ser “divina”, vem alguém e poda, corta! Justo neste momento que até aquela velha inibição que impedia de existir tão livremente com suas artes, sumiu! “Agora que sinto ser capaz de expressá-las, e viver com intensidade dentro das minhas artes como realmente merecem, quando fluem, acabo boicotada”!

Em todo caso, não importa muito qual o caso, tudo se torna um caso para o adolescente que resolve se revoltar e ficar de biquinho! E só ficar repetindo, que o mundo não é justo e a vida é má! E que não se pode confiar em nada e em ninguém!

Como falta vivência e por vezes é falta de literatura para a grande maioria destes jovenzinhos, não se tem muito como argumentar com eles, o melhor e sair da frente para não tropeçarmos no bico e tocarmos a nossa vida. Afinal quando resolvem que devem continuar sendo mimados por todos mesmo que não sejam os seus “papais e mamães”, melhor deixar para lá.

Enfim cada qual tem sua própria época para amadurecer, as vezes irão “passar a vida querendo mimos” e isto sem dúvida lhes custará caro, afinal cada vez que o “mundo lhes disser um Não” – agirão como bebes chorões e bicudos, olhando sempre para o que os outros não lhes dão, e não para o que precisam e já podem fazer por si mesmos!

Com toda pompa e glória dos 20 e poucos anos, são … ou pensam que são os donos do mundo e da verdade, até que não possam fazer algo… então o mundo cai… e claro a culpa é do outro.

Crescer é bom, mas dá trabalho, leva tempo! É um trabalho artesanal, é aí que aprendemos a pensar e a sentir com “realidade” as coisas, todas as coisas. A entender que o mundo não está aí só para nos servir; que a vida é uma estrada de mão dupla. Sempre teremos arcar com o Ônus para chegarmos ao Bônus!

Infelizmente nesta relação não existe lugar para bicos… é aqui que crescer se torna imprescindível…

No sistema das ESSÊNCIAS D’ÁGUA existem algumas formulações que podem ajudar a passar por esta fase de forma mais calma e facilmente.

SERENIDADE e MATURIDADE são duas delas. A primeiras dissipa e toxidade das tristezas do adolescentes e MATURIDADE trará equilíbrio para enfrentar os problemas desta fase tão conturbada. Para saber mais veja aqui mesmo no site em em –  FORMULAÇÕES –

Para adquirir click em www.loja-essenciasdagua.com

Pax Ex Bene

A paz que preciso para realizar minha missão esta em mim.

pax_ex_bene1

Quando encontramos o propósito ao qual viemos servir, desvenda-se o mistério. O que irá dar toda direção que é preciso para melhor viver. A Essência D’Água Pax Ex Bene, descortina a visão desta incumbência de cada um. Assim com a Paz se pode trazer o Bem a todo ato que realizamos consciente e plenamente.

Indicações de Uso: Facilita a consciência, a paz que vem do bem, a lucidez, a confiança na própria capacidade, a familiaridade com o propósito de vida, a facilidade na realização das metas, a agilidade na execução dos projetos, a tenacidade e a fé. Combate medo da escolha, medos de enfrentar dificuldades, medo de enfrentar a vida – de não dar certo, medo da vida – medo de errar, medo de sair ‘do ninho’ – crescer, medo de não saber o caminho.

Acesse o nosso site para conhecer nossas essências:
www.essenciasdagua.com/essencias.php

Facebook/Twitter: @EssenciasDAgua
Instagram: @essencias_dagua